Com o tema Desafios para Segurança e Defesa, o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, esteve na manhã desta terça-feira (31), na Escola de Comando e Estado-maior do Exército, no Rio de Janeiro, para o que ele intitulou “uma conversa com a ECEME”.

No auditório, oficiais alunos dos cursos ministrados no estabelecimento de ensino, como de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército (CPEAEx) e de Altos Estudos Militares (CAEM). Também participaram integrantes civis de mestrado acadêmico e de doutorado do Instituto Meira Mattos, estrutura pertencente à ECEME.

Na oportunidade, o ministro da Defesa falou sobre o cenário mundial num período de reacomodação de poder e como isso impacta o Brasil; da importância da defesa de um País continente; do entorno estratégico que une fronteiras, mas acarreta necessidade de sistemas conjuntos de vigilância; e das missões e ações do Ministério da Defesa (MD) e das Forças Armadas brasileiras na atualidade.

“Onde houver Brasil, existem Forças Armadas”, afirmou o ministro para lembrar que as Forças (Marinha, Exército e Aeronáutica) constituem instituições de Estado tão fortes quanto seu povo e seu território. E estão em permanente estado de prontidão, que exige pessoal, material, doutrina, mobilidade e aprestamento.

Ainda destacou que nos espaços disponíveis para o esforço integrado de defesa, o MD tem motivado empresários a investir na Base Industrial de Defesa e avançado em diplomacia militar, principalmente nos diálogos 2+2, que envolvem a Pasta e o Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Após a palestra, o ministro respondeu aos questionamentos de militares e civis, e ao final, já nas despedidas, recebeu do comandante da ECEME, general Edson Diehl Ripoli, um diploma pela palestra e os agradecimentos de todo corpo dicente presente.

Escola de Comando e Estado-Maior do Exército

A ECEME tem a missão de formar o oficial de Estado-Maior do Exército e o assessor de alto nível, para contribuir com a construção da mentalidade de defesa na sociedade. Está diretamente subordinada à Diretoria de Educação Superior Militar (DESMIL), do Departamento de Ensino e Cultura do Exército (DECEx).

Fuente: defesa.gov.br