O ministro da Defesa, Raul Jungmann, recebeu em seu gabinete, na tarde desta quarta-feira (20), o embaixador da Rússia, Sergey Akopov, para reforçar relações em cooperação e protocolos de entendimento na área espacial brasileira.

O ministro Jungmann lembrou que neste ano foi apresentado ao presidente da República, Michel Temer, um novo modelo de governança do Programa Espacial Brasileiro, que prevê a criação de um Conselho Nacional do Espaço (CNE).

Segundo o embaixador Sergey Akopov, a Rússia já havia manifestado interesse no Programa Espacial brasileiro e tem a intenção de explorar comercialmente o mercado de satélites. “Temos toda disponibilidade de cooperar com o Programa Espacial brasileiro. É preciso identificar em quais áreas o Brasil tem interesse”, afirmou. Porém, o embaixador aguardará uma sinalização do Ministério da Defesa no Brasil para iniciar as tratativas.
Raul Jungmann indicou que a próxima conversa com Sergey Akopov poderá ser em fevereiro do próximo ano e espera a edição de decreto para a criação do CEE. “Há convergências no plano global entre Brasil e Rússia que nos une”, disse.

As relações entre os dois países incluem cooperação nas áreas de defesa, ciência e tecnologia, em parcerias no âmbito da ONU, BRICS e outros.

 

Fonte: defesa.gov.br