Noticias

O ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, assinou, nesta quarta-feira (1º), documento que atualiza o Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE), que terá como principais objetivos o desenvolvimento de lançadores de satélites nacionais, a consolidação do Centro Espacial de Alcântara (CEA), e o lançamento de satélites de uso dual (civil e militar).

O tenente-brigadeiro do ar Carlos Augusto Amaral Oliveira é oficialmente o novo secretário-geral do Ministério da Defesa. A cerimônia de transmissão do cargo ocorreu na segunda feira (30). Desde maio, o secretário de Orçamento e Organização Institucional (Seori), Franselmo Costa, ocupava interinamente a função.Ele assumiu a Secretária Geral no lugar de Joaquim Silva e Luna, que se tornou ministro.

El Ministerio de Defensa informa que la Fábrica Argentina de Aviones Brigadier San Martín (FAdeA) firmó un memorando de entendimiento con la sudafricana Paramount Group, que permitirá crear una base de cooperación mutua en el desarrollo de la industria aeroespacial y para la defensa.

Brasil e Argentina assinaram um acordo, nesta terça-feira (31), em Buenos Aires, para unir forças no combate ao crime organizado que, segundo o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann – “é cada vez mais transnacional e globalizado” e já não pode ser enfrentado por um país, individualmente. O documento prevê ampliar e agilizar a troca de informações entre os dois países, criando uma base de dados comum que possa ser acessada em tempo real por ambos.

O ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, e o comandante da Força Aérea Brasileira, brigadeiro Nivaldo Rossato, participam, nesta quarta-feira, às 16 horas, da cerimônia de assinatura do Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE).

A cerimônia será realizada no Grupamento de Apoio do Distrito Federal, e, após o evento, as autoridades concederão entrevista à imprensa.

Sobre o PESE - O Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE) estabelece a estratégia de implantação de sistemas espaciais que permite o uso integrado do espaço, ou seja, civil e militar, para atender as necessidades do Estado brasileiro em prol da sociedade.