Noticias

O Decreto nº 8.903, publicado na edição desta quinta-feira (17), do Diário Oficial da União, estabelece novas linhas de atuação das Forças Armadas nos 16.886 quilômetros de fronteiras do Brasil com os 10 países sul-americanos. Assim, o Governo Federal institui o Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), com efeito direto nas operações Ágata, realizada pelo Ministério da Defesa, sob a coordenação do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA).

El Instituto Geográfico Militar (IGM), entidad adscrita al Ministerio de Defensa Nacional, celebra desde este miércoles 16 de noviembre, el encuentro científico internacional SIRGAS 2016, con la participación de 200 delegados de 17 países.

Los ministros de Defensa, Justicia y Gobierno de Argentina, Bolivia, Brasil, Chile, Paraguay y Uruguay firmaron el mièrcoles en Brasilia, acuerdos de cooperación en el marco de la Reunión del Cono Sur sobre Seguridad en Fronteras para combatir delitos trasnacionales.

As Forças Armadas brasileiras vão ter uma atuação mais frequente nos 16.886 quilômetros de fronteiras com os 10 países sul-americanos. Para isso, o presidente Michel Temer assinou novo decreto em que estabelece o Programa de Proteção Integrada das Fronteiras. Para o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o modelo permitirá uma presença constante da Marinha, do Exército e da Aeronáutica numa faixa de 150 quilômetros da fronteira.

Fueron parte de la ceremonia el Director Ejecutivo de la Empresa Nacional de Aeronáutica (ENAER) General de Brigada Aérea, Henry Cleveland y el Vicepresidente de Airbus Defense & Space, don Jean Pierre Talamoni.